Arquivo da categoria: Contos

Na mesa do bar

Cara, você já se sentou sozinho numa mesa de bar durante algumas horas? Não? Então deixa eu te contar. Não que eu estivesse ali como um desses profissionais que vemos sempre no balcão ou ocupando para toda noite uma boa … Continuar lendo

Publicado em Contos | Deixe um comentário

Uma gráfica

Quem ainda poderia precisar de uma velha tipográfica em pleno século vinte e um? Já não deveria esta renitente reumática estar abandonada ao descanso, livre da dura labuta do trabalho ininterrupto? Calhou ser comprada no ferro velho por aquele que … Continuar lendo

Publicado em Contos | Deixe um comentário

Roberto

Ele não era dela. Acabara ficando por ali após a separação. Cantara duetos latinos apaixonados durante anos e agora calara. Jazia qual nobre defunto em seu esquife de couro, esquecido das cantorias na poeira do armário. O próprio apartamento silenciara, … Continuar lendo

Publicado em Contos | Deixe um comentário

Consumação

Prólogo. Uma chamada não atendida. Uns versos. O carro. Outras técnicas. Cem reais. Indicação. A oficina. Várias divindades. O Bahia. Duzentos e trinta. O resgate. Na volta pra casa. De São Paulo! Consumação. O veredicto. Post Mortem. Prólogo. Todos nascemos … Continuar lendo

Publicado em Contos | Deixe um comentário

Entardecer

Foi tudo tão rápido. Antes que pudesse perceber, seu carro já havia sido içado da ravina; seu corpo deslocado para o IML, onde provocou horror sem par em seu desalentado pai, encarregado do reconhecimento; a família já havia desabado de … Continuar lendo

Publicado em Contos | Deixe um comentário

A Espera

O que é a espera? Uma sala bem iluminada, bons ventiladores, silêncio. Uma sala de aula azulejada, as carteiras de primeiro grau, pequenas e apertadas. Pediram para trazer lápis e borracha, lapiseira não. Tive que trazer apontador – há quanto … Continuar lendo

Publicado em Contos | Deixe um comentário

A Patrulha

A caminhada fora árdua até ali. Do alto do elevado monte, o capitão da patrulha de reconhecimento ant-10-13 observou a paisagem ao redor. Em seguida, concentrou a sua atenção no árido cume que haviam alcançado. Bem lá no meio, uma … Continuar lendo

Publicado em Contos | 1 Comentário